Casas pequenas, médias e grandes. Custo, padrão e valorização

Perguntas e respostas sobre o tamanho de casas no Brasil. Padrão para casas pequenas, médias e grandes, bem como a valorização delas dependendo do padrão. Construir casas pequenas e com custo mais baixo não seria a saída para o déficit habitacional no Brasil?

O tamanho de uma casa é um fator bastante importante em diversos aspectos, desde a valorização que o imóvel tem até o conforto que ela proporciona aos moradores. Historicamente, houve diferenças de tamanhos de construções e os motivos que levaram no passado as pessoas a criar em casas de diferentes tamanhos, de certa forma não diferem muito dos motivos que são adotados hoje. Geralmente eles são econômicos.

A construção sempre demanda um montante de dinheiro significativo e por isso reduzir o tamanho da construção, de certa forma é uma das estratégias mais comuns para reduzir a quantidade de dinheiro que você empregará na obra.

Abaixo algumas informações sobre o tamanho de casas que temos aqui no Brasil.

Quais os tamanhos padrão de uma casa para se caracterizar pequena, média ou grande?

Que eu saiba não existe metragem definida para dizer se uma casa é pequena ou grande, mas creio que o bom senso poderá nos ajudar nisso. Desta forma, creio que uma casa pequena é aquela com metragem de até aproximadamente 70 m/2.

De 70 m/2 até 150 m/2 poderíamos chamar de um tamanho médio e acima disso uma casa de tamanho grande. Mas esta é minha definição e servirá apenas como referência neste artigo.

Maquete de casa moderna

Casas grandes são mais valorizadas do que as pequenas?

Nem sempre e as vezes em algumas regiões as casas pequenas acabam sendo mais valorizadas em função da demanda maior. O que acontece é que a valorização leva em conta vários aspectos e certamente uma casa grande é um bom atrativo nisso, mas a demanda ou a procura por este tipo de casa é menor do que casas pequenas que geralmente tem um valor menor e portanto atinge uma parcela maior da população.

Tudo dependerá do contexto e por isso é muito importante olharmos isso com cautela e em cada contexto específico.

Atualmente sim, uma casa grande tende a ter uma valorização maior, isto porque o custo de construção de uma obra aumenta proporcionalmente com cada metro quadrado a a mais, logo uma casa maior em um mesmo padrão de uma menor, evidentemente será mais valorizada.

Contudo é preciso ficar atento ao padrão da construção, quando você comparar casas grandes com casas pequenas buscando maior ou menor valorização é preciso considerar se elas tem o mesmo padrão, afinal uma casa pequena mas com padrão elevado pode ter um valor muito mais alto do que uma casa grande e com padrão simples.

Casas pequenas são mais procuradas e portanto mais fáceis de vender?

Sem dúvida. A quantidade de pessoas que procurar e que podem pagar por uma casa de menor valor é muito maior do que uma mansão e portanto haverá procura maior e havendo mais gente interessada, a chance de vender também aumenta. É claro que precisa ser uma casa boa e ter todos os atrativos necessários e não somente o tamanho.

Basta olhar para o tamanho dos apartamentos que estão sendo lançados ultimamente e você perceberá nitidamente que as construtoras têm adotado uma estratégia de diminuir o tamanho dos apartamentos para torná-los mais acessível em termos de custo. Então, se cada metro quadrado a mais ou a menos aumenta ou diminui o valor do imóvel, significa que quanto menor ele for mais barato tende a ser e consequentemente ficaria acessível ao maior número de pessoas.

Em termos de custo de construção, o tamanho da casa impacta no valor por m/2?

Creio que sim, mas é preciso saber analisar este caso. Geralmente as casas maiores acabam tendo um custo maior por m/2, mas isto pode não estar ligado diretamente ao tamanho e sim ao padrão de construção. Isto porque uma pessoa que pode construir uma casa grande, também pode colocar materiais de acabamento, por exemplo de qualidade superior. Enquanto que as construções de casas pequenas geralmente são casas populares com estilo e acabamento mais simples e aí está a diferença no valor final calculado por m/2.

Sem dúvida nenhuma o acabamento é uma das etapas onde você tem uma diferenciação de preços maior. Normalmente quando você está fazendo a estrutura da casa, a diferença de preços entre os materiais não difere tanto, mas no acabamento a coisa realmente complica um pouco.

Por exemplo você pode colocar um lustre de R$ 100 ou de R$ 2.000. Pode colocar um porcelanato de R$ 30 o metro ou um de R$ 200 o metro e assim por diante.

Desta forma, o acabamento que a sua casa terá determinará e muito custo dela em termos de metro quadrado e consequentemente a valorização que ela terá também pois é este um dos grandes fatores que as pessoas avaliam na hora de comprar uma casa.

Qual tamanho de casa é mais comum no Brasil?

Sem dúvida a maioria das casas são de pequeno porte ou médio. Se considerarmos as medidas que coloquei no início veremos que casas pequenas até 70m/2 são muito comuns, inclusive no atual momento de construção de casas populares para financiamento nos programas habitacionais populares. Fora isso, a grande maioria do que sobre fica em médias de até 150 ou 160 m/2 o que caracterizaria tamanho médio. Isto inclui principalmente os apartamentos.

Construir casas pequenas e com custo mais baixo não seria a saída para o déficit habitacional no Brasil?

Não só seria como esta é a estratégia que os governos têm adotado. Basta olhar para os tipos de imóveis financiados pelo programa Minha Casa Minha Vida e perceberá que o tamanho das casas e apartamento nos conjuntos habitacionais são em sua esmagadora maioria de tamanho pequeno.