Cortina acústica ou antirruído funcionam mesmo?

Elas são mais grossas com pesados painéis que conseguem absorver os sons externos e internos. Ou seja, além de criar uma barreira contra os sons que vem de fora, o barulho que você faz dentro não será ouvido pelos vizinhos.

Para quem mora em cidades movimentadas, pegar no sono e conseguir um pouco de tranquilidade, pode ver algo quase impossível. Mas, para ajudar com isso, foram criadas as cortinas antirruído.

Elas são mais grossas com pesados painéis que conseguem absorver os sons externos e internos. Ou seja, além de criar uma barreira contra os sons que vem de fora, o barulho que você faz dentro não será ouvido pelos vizinhos.

Com esse tipo de cortina, é possível ouvir música, assistir televisão no volume que quiser e, até tocar algum instrumento sem incomodar ninguém. Ela não protege só da entrada da luz do sol, mas também proporciona mais tranquilidade durante as atividades do dia a dia

Tipos de cortina acústica ou antirruído

A cortina acústica ou antirruído pode ser classificada de acordo com o tipo de material que são fabricadas para absorver os sons. Os melhores materiais têxteis para reduzir o ruído são:

  • Poliéster;
  • Camurça;
  • Veludo;
  • Microfibras;
  • Tela sintética.

Principais marcas de cortina acústica ou antirruído

  • Ômega acústica;
  • Protetores Polli;
  • Rockfibras; Nicetown;
  • H. Versailtex;
  • Cottontree Homesoft;
  • Best Home Fashion;
  • Deconovo.
Análise e testemunhal de usuários sobre o assunto

Eu tinha minhas duvidas sobre qualidade, se realmente funcionária.
Por morar em uma avenida com muita movimentação de carros e ônibus, Incrível como as cortinas cumpre com o prometido isolamento acústico perfeito.
Foi instado no quarto bem simples e fácil e realmente transformou em um lugar muito mais confortável, tranquilo e aconchegante.
Estou muito satisfeita com a cortina, estamos conseguindo dormir com tranquilidade.
Só tenho q agradecer. Assim que possível irei comprar para todos os cômodos da casa.
Jacqueline Cardoso, Sao paulo


Quando me mudei para um apartamento que ficava ao lado de um bar, eu, como uma vestibulanda focada, acabei ficando extremamente estressada, pois além de ter muitos conteúdos para estudar, precisava de muito silêncio e calmaria. Entre várias tentavas que deram errado, acabei me deparando com uma loja física que vendia cortinas antirruído, e acabei comprando-a, e essa foi uma das melhores opções já feitas por mim, pois a cortina antirruído não permite a entrada de ruídos no local em que desejo. Além disso, ela e muito flexível, podendo assim, muda-la para outras partes da casa, além do mais ela é muito elegante dando ao ambiente uma feição de vintage.
Um dos principais pontos negativos que encontrei em relação à cortina acústica, foi a dificuldade de acesso em relação ao preço, pois cortinas convencionais possuem o preço bem mais baixo do que as antirruídos.
Elisabete Rodrigues Barbosa, Xique-Xique Bahia


Ruídos externos sempre incomodam em uma residência, principalmente no dormitório. O ponto crítico para entrada desses ruídos são janelas, então foram desenvolvidas as cortinas acústicas ou antirruído.
Sou avesso à barulhos, então decidi adquirir um dos modelos disponíveis (cor neutra); a instalação foi relativamente fácil, mas o resultado não atende às expectativas.
Essas cortinas são formadas por um "sanduiche" com uma camada de lã de rocha (isolante termoacústico) entre duas camadas de espuma (isolante acústico), fechados com revestimento externo.
Recomendo que na compra de uma cortina acústica ou antirruído, observe-se: a qualidade/espessura da lã de vidro, a densidade/espessura da espuma e o acabamento/qualidade do revestimento externo.
As observações depreciativas que devo fazer acerca desse produto, são: a estética (os modelos que encontrei no mercado não são esteticamente atraentes, parecendo um tampão incidental sobre a janela; deixam passar algum ruído externo; não há praticidade na operação de abertura/fechamento; tem elevado custo de aquisição.
Luiz Antonio Vila Flor, Rio de Janeiro - RJ