Quanto tempo para construir uma casa. Meses ou anos?

Veja essas perguntas e respostas sobre o tempo de construção de uma casa e saiba qual é o tempo médio necessário para a construção levando em conta meses ou até anos. Mostrarei a minha experiência na construção de duas casas

O planejamento para construção de uma casa é bastante importante, afinal de contas você vai gastar uma quantia significativa de dinheiro e precisará dedicar bastante tempo para fazer. Isto sem contar as dores de cabeça envolvendo compra de materiais, contratação de mão-de-obra, resoluções de problemas que possa existir durante a construção, dentre outros.

Como os aspectos são bem variados, neste artigo iremos focar na questão do tempo. Isto é, quanto tempo se leva para construir uma casa? Veja abaixo um exemplo que eu mostro pela construção de duas casa e com esses exemplos você pode ter um referencial para usar pensando no planejamento da construção da sua casa.

Quanto tempo leva para fazer a construção de uma casa?

Isto é muito relativo e pode variar de alguns poucos meses a muitos anos. É preciso levar em conta vários fatores como o tamanho da casa, quantidade de profissionais trabalhando, interrupções, condições do tempo, disponibilidade de materiais de construção, entre outros. Eu construí uma casa de 160 metros quadrados em aproximadamente 4 meses. Creio que este seja um prazo mínimo.

Na verdade, fiz a construção de duas casas:

  • 120 metros quadrado, padrão mais simples: aproximadamente 8 meses
  • 160 metros quadrado, padrão médio: aproximadamente 4 meses

Qual a etapa que é mais demorada?

A etapa do acabamento é sem dúvida a mais demorada e provavelmente a mais cara também. Isto acontece pois no acabamento existe a necessidade de vários tipos de profissionais e os processos são mais delicados também.

Colocação de pisos e revestimentos, pintura, móveis planejados, entre outros processos demandam tempo.

Creio ainda que colabora o fato de no acabamento ser a etapa com mais interferência de várias pessoas. Quando está levantando as paredes, por exemplo, ninguém fica lá dando palpites ou dizendo que o tijolo está torto ou que a argamassa está dura, mas no acabamento a coisa muda. Esposa, filhos, sogro, "sogra", arquiteto, o pedreiro, o pintor, o vizinho, etc, etc, etc.

Etapa de acabamento

Qual etapa é mais rápida?

Provavelmente é a etapa da alvenaria que corresponde ao levantar as paredes. Este processo costuma ser bem rápido e é onde você nota um desenvolvimento maior da obra. Nesta etapa basicamente trabalham pedreiros e serventes apenas, sem contar que você usa apenas materiais básicos, como cimento, pedra, areia, saibro e outros.

Etapa de alvenaria

A fase de projeto também deve ser considerada no tempo final?

Então, isto depende. Em termos de construção em si creio que não, mas de certa forma precisa ser considerado pois o processo geral da obra já está em andamento. Creio que fica a cargo de cada um avaliar se deve ou não entrar esta etapa.

Existem casos em que o projeto demanda muito tempo, muitas correções, mudanças no escopo dele, entre outros. Especialmente quando não se tem tanta pressa de construir é comum esta etapa ser mais lenta.

O tempo de construção aumenta proporcionalmente ao tamanho da obra?

Não necessariamente. Se você leva 4 meses para fazer uma casa de 100 metros, não significa que uma de 200 metros levaria 8 meses, afinal existem etapas que não mudam muito como o aumento da obra. Existe sim um aumento, mas não é proporcional.

Vários fatores podem contribuir para o aumento do tempo na construção de uma casa, especialmente a qualidade e quantidade da mão de obra disponível. Existem equipes que tem o processo de trabalho bastante ajustado e são bem rápidas, enquanto outras levam mais tempo para construir.

Também deve-se considerar a disponibilidade de material para a construção e o próprio método construtivo, pois este poderá impactar muito no tempo de execução da obra.

Em caso de sobrado o tempo é exatamente o dobro?

Também não. Pode ser até mais, mas não existe esta proporção. O que acontece é que cada obra é única e portanto muitos fatores podem interferir permitindo maior agilidade do que outros. Os sobrados tendem a ser mais demorados, especialmente pela necessidade de uma estrutura mais reforçada e o próprio método construtivo ser mais complicado.

Como construir uma casa em menos tempo?

Alguns fatores podem contribuir para a redução do tempo de construção de uma casa. Dentre eles, eu destaco os seguintes:

  • Contratar uma empreiteira que tenha condição de colocar várias pessoas para trabalhar;
  • Planejar e executar bem a compra de materiais de construção para garantir que o material esteja no lugar certo e na hora certa;
  • Fazer um acompanhamento diário da obra para evitar paralisações por quaisquer motivos;
  • Escolher a época certa para começar a obra, isto é especialmente útil para que a etapa de alvenaria não coincida com o período chuvoso;
  • Escolher métodos construtivos mais eficientes em termo de economia de tempo, materiais e mão de obra.

Demandar anos para construir uma casa é melhor que fazê-la rapidamente em alguns meses?

O tempo de execução não influencia necessariamente na qualidade final da casa. Alguém pode pensar que fazer uma casa em anos é melhor pois assim dá tempo para fazer direito. Até certo ponto isto está correto, afinal é preciso fazer bem feito, mas o que importa é respeitar os prazos de algumas etapas, como esperar a laje secar, tempo de cura do reboco, entre outros. Feito isso, não há nada que determine que mais tempo pode ser melhor.

Fazer uma construção por etapas é uma boa?

Existem pessoas que utilizam o efeito sanfona na construção, ou seja, faz uma parte e pára alguns meses. Faz outra parte e pára novamente. Este tipo de atitude pode ser bom em termos de planejamento financeiro, por exemplo. As vezes a pessoa não tem todo o dinheiro para fazer a construção do começo ao fim e vai fazendo devagar. Se for este o caso a ideia não é ruim.

Mas por outro lado este tipo de construção é problemático, pois em algumas etapas, parar a obra pode ser ruim, pode haver deterioração de alguns materiais ou de parte da obra, bem como uma maior dificuldade de gerenciar a mão de obra necessária para tocar o projeto.