Seguro fiança de aluguel. Custo, vantagens e alternativas

Perguntas e respostas sobre o seguro fiança. Veja as vantagens e desvantagens delas, empresas que oferecem este tipo de cobertura, bem como custo e tempo de validade, o que é um fiador, quais as alternativas ao seguro fiança, entre outros.

O processo para se alugar uma residência, sendo ela um apartamento ou uma casa, pode ser bem trabalhoso, principalmente quando o locador pede que haja um fiador junto ao locatário.

O problema começa pela dificuldade em achar alguém que se encaixe perfeitamente no perfil de fiador, podendo continuar quando o fiador não cobre a falta de pagamento do locatário, causando problemas não só para ele, mas também para o locador que vê sua renda mensal diminuída devido ao atraso do aluguel.

Para suprir essa necessidade, tanto do locador, quanto do locatário, o serviço de seguro fiança foi criado.

Baseado nas leis do inquilino, o seguro, que também pode ser chamado de seguro aluguel, ajuda ao locador a manter seu ganho mensal em dia, além de cobrir outros possíveis problemas, como danos no imóvel e pintura interna, se tudo estiver no contrato é claro. Mas como contratar esses seguros? Como eles funcionam? Quais os benefícios? São esses tipos de perguntas que o artigo de hoje pretende responder.

Seguro fiança de aluguel

O que é um fiador?

Fiador é uma pessoa ou organização que se coloca como garantia de outra pessoa ou organização para se responsabilizar por débitos financeiros, geralmente, no ato de uma negociação. O exemplo mais simples que temos é o de um aluguel de um imóvel. Normalmente as empresas imobiliárias exigem do locatário que ele apresente um fiador para quem em caso de não pagamento dos alugueis e demais responsabilidades, o mesmo possa pagar.

O que é seguro fiança?

O seguro fiança é uma modalidade de seguro que tem a função de substituir o fiador tradicional. Com ele a pessoa poderá alugar uma casa e usar o seguro fiança como garantia em caso de não pagamento.

Os benefícios ao locador

Como foi citado na introdução, a utilização do seguro de aluguel auxilia o locador principalmente no que se trata de atraso de aluguel. Quando o locatário estiver inadimplente, o locador continuará a receber sua renda mensal de uma forma ou de outra, de acordo com o que está no contrato do seguro. Porém, esse não é o único benefício para o locador, este que também pode evitar os temidos fiadores além de utilizar outros serviços como a cobertura das contas de casa (gás, luz, água, etc.), da pintura externa e também da rescisão contratual, esses sendo contratados a parte.

Os benefícios ao inquilino

O principal benefício para o inquilino que contrata o serviço de seguro de aluguel está no fato de ele não precisar ter uma verba de investimento grande, para a caução de três meses do valor do aluguel. O preço do seguro é parcelado, o que desafoga as finanças no período de mudança.

Atualmente, alguns locadores só estão aceitando inquilinos que façam o seguro. Portanto, de benefício adicional o seguro de aluguel passou a ser obrigação em muitos casos. Dessa forma, contratar o serviço com seguradoras pode agilizar o processo de aprovação do contrato do aluguel.

Todas as imobiliárias aceitam o seguro fiança?

Existem muitas imobiliárias ou mesmo proprietários que optam por não usar esta modalidade de fiança, optando ainda pelo fiador tradicional. Mas há muitos casos em que ele é aceito e este tipo de serviço tende a crescer muito ainda no Brasil.

Qual é o custo deste seguro?

Normalmente o valor cobrado pelas seguradoras é de 3 vezes o valor do aluguel. Desta forma, se você for alugar uma casa de R$ 1.500,00, o valor do seguro seria de R$ 4.500,00. Pelo menos este é o valor que a Porto Seguro cobrava.

Este valor é pago uma única vez?

Não. Ele é anual e portanto se você fizer um contrato de aluguel de 3 anos, por exemplo, deverá pagar 3 vezes este valor.

Quais as alternativas ao seguro fiança?

Primeiro temos o fiador tradicional que é uma pessoa com um imóvel registrado em seu nome. Depois temos ainda a caução, que é um depósito em dinheiro na conta da imobiliária ou do proprietário do imóvel para poderá ser resgatado em caso de não pagamento dos aluguéis e demais responsabilidades.

Qual é a melhor alternativa para quem vai alugar?

Em termos de custo é o fiador tradicional, pois ele não gera nenhum custo para a pessoa que está alugando, mais tem o incômodo de você precisar pedir para alguma pessoa. A caução é uma boa opção também, pois mesmo tendo que depositar um valor que geralmente é três vezes o aluguel, você não o perde, pois no final do contrato você resgata o dinheiro, caso não seja necessário usá-lo. Por fim o seguro fiança é o que parece ser menos vantajoso, pois é o mais caro e você não tem o dinheiro de volta.

Como contratar o melhor serviço?

Além de preços, o inquilino deve procurar também a seguradora que lhe oferece o maior número de coberturas adicionado de outros serviços. Algumas empresas oferecem descontos com transportadoras, limpeza, etc. Dentre algumas grandes seguradoras que oferecem o serviço, estão: Porto Seguro, Mapfre, Bradesco Seguros e SulAmérica Seguros.