Tipos de Cimento Portland CP I, CP II, III e alta resistência

Perguntas e respostas sobre tipos de cimento Portland, como o CP I, II, III e outros. Veja também sobre o CP V – Cimento Portland de alta resistência inicial, o RS – Cimento Portland resistente a sulfatos e CPB – Cimento Portland branco.

O cimento com certeza é um dos mais importantes materiais dentro da economia de um certo país e também para todas as pessoas, já que ele representa uma das principais matérias-primas para as edificações, mas mesmo assim existem tipos de cimento Portland diferentes.

Embora muita gente acredite que o aço seja um material mais usado, e ele é em edificações grandes, o cimento continua tendo o seu lugar de destaque quando pensamos em construção civil, inclusive ao lado do aço.

Dentro do Brasil, são produzidos e comercializados diferentes tipos de cimentos, e cada um apresenta composições diferentes e fornecem ao concreto diferentes características, como a maior durabilidade, trabalhabilidade, resistência e outros.

Dessa forma os tipos de cimento Portland, representam um cimento muito mais pulverulento, ou seja, que tem estado de pó fino, é feito de silicatos e também aluminatos de cálcio, sendo caso que cal livre.

Tanto os aluminatos quanto os silicatos são complexos, e ao se misturarem com a água, eles se hidratam criando o endurecimento da massa, o que pode oferecer uma resistência mecânica muito maior.

Quais são os tipos de cimento Portland

Tipos de cimento

Hoje em dia, essa marca se divide em outros 8 tipos que são regulamentados pela Associação Brasileira de Cimento Portland – ABCP, sendo eles:

  • Cimento Portland Comum CP I e CP I-S (NBR 5732);
  • Cimento Portland CP II (NBR 11578);
  • Cimento Portland de Alto Forno CP III (com escória – NBR 5735);
  • Cimento Portland CP IV (com pozolana – NBR 5736);
  • Cimento Portland CP V ARI – (Alta Resistência Inicial – NBR 5733);
  • Cimento Portland CP (RS) – (Resistente a sulfatos – NBR 5737);
  • Cimento Portland de Baixo Calor de Hidratação (BC) – (NBR 13116);
  • Cimento Portland Branco (CPB) – (NBR 12989).

Dessa forma cada um dos tipos de cimento Portland é regrado por uma Norma específica da ABNT – NBR – o que fixa condições exigíveis para a entrega e a fabricação do mesmo.

O tipo Cimento Portland Comum é o mais usado nas construções em geral quando não existe necessidade alguma de propriedade especial, sendo os outros tipos de cimento Portland destinado a situações que precisam de alguma propriedade diferenciada.

Cimento Portland Comum (CP-I)

Esse tipo é o mais básico dentro da categoria, e é indicado para construções que não aparentam nenhum tipo de ambiente desfavorável, como com exposição de água subterrânea, água do mar, esgoto ou qualquer outro que tenha sulfato.

Possui somente o gesso como aditivo, que funciona como retardador da pega, e isso possibilita um maior tempo de aplicação. É utilizado em construções em geral, onde não são exigidas propriedades especiais do cimento. Possui alto custo e menor resistência, além de toda sua produção ser direcionada à indústria.

Cimento Portland CP I –S

Esse tipo tem a mesma composição do anterior que é de gesso mais clínquer, mas conta com a adição reduzida do pozolânica, e ele apresenta uma menor permeabilidade por conta dessa adição.

CP I-S é Cimento Portland comum com adição: Tem a mesma composição que o CP I, porém com uma pequena adição de material pozolânico. Isso garante menor permeabilidade ao material.

CP II

CP II-Z – Cimento Portland com adição de material pozolânico:O CP II-Z é fabricado com adição de pozolana, o que confere ao cimento menor permeabilidade. Por isso, esse tipo de material é ideal para obras subterrâneas e locais que estejam em contato com água.

Cimento Portland CP III

O CP III tem adição de escória entre 35 a 70% da massa, o que pode garantir menor calor de hidratação, uma maior impermeabilidade e também durabilidade, sendo altamente usado em obras de grande porte e com maior agressividade.

Cimento Portland CP IV

Esse tipo de cimento conta com a adição de pozolana que varia entre 15 a 50% da massa, e esse valor alto dá ao cimento uma impermeabilidade muito maior, e assim duração maior também.

O alto teor de pozolana confere alta impermeabilidade e maior durabilidade ao material. Assim, proporciona estabilidade em ambientes de ataque ácido, especialmente os atacados por sulfato. Por ser pouco poroso, é especialmente indicado para obras expostas à ação de água corrente.

CP V – Cimento Portland de alta resistência inicial?

Assim como o cimento comum, não é fabricado com adições. A diferença é o processo de dosagem e fabricação do clínquer, elemento presente em todo tipo de cimento. O clínquer utilizado aqui possui quantidades diferenciadas de calcário e argila, além de uma moagem mais fina.

Possui alta reatividade nas primeiras horas de sua aplicação e atinge resistências maiores que os cimentos convencionais. Por isso, é recomendado para fabricação de concreto.

RS – Cimento Portland resistente a sulfatos

Os tipos anteriores de cimento podem ser classificados como resistentes a sulfatos desde que se enquadrem em exigências específicas. Muito presente em redes de esgoto, ambientes industriais e em construções em contato com água do mar.

BC – Cimento Portland de baixo calor de hidratação

Também diz respeito a uma categoria extra que os cimentos anteriores podem alcançar se tiverem baixo calor de hidratação. Tem a propriedade de retardar o desprendimento de calor em grandes peças, evitando o aparecimento de fissuras de origem térmica.

CPB – Cimento Portland branco

Sua principal característica é ser da cor branca. A coloração é atingida pela utilização de matérias-primas com baixo teor de manganês e ferro, além de caulim no lugar da argila.

Pode ser usado como cimento estrutural ou não estrutural em rejuntes de cerâmicas.

Perguntas e respostas

Quais são os cuidados de quem trabalha com cimento?

Primeiro é importante lembrar que o cimento tem uma característica alcalina, e por isso é necessário trabalhar com os equipamentos de proteção individual adequados para o seu uso, protegendo os braços, mãos, pés e qualquer parte que possa entrar em contato com o pó ou massa do mesmo.

Como são feitos os tipos de cimento Portland?

De forma básica, esses cimentos são feitos a partir da mistura da argila e calcário moídos, em partes de 4 para 1, e depois cozidos em altas temperaturas. Depois disso adiciona-se o gesso para obter a fórmula correta do cimento Portland.